Are You Living in The Present?



Pode parecer estranho mas, embora estejamos constantemente no tempo presente, passamos imenso tempo das nossas vidas a pensar no passado e no futuro, sem realmente aproveitar o agora, e foi pensando nisso que decidi questionar-vos sobre isso.

Que tal colocarmo-nos numa situação específica: Imagine-se num fim de tarde, num café, a apreciar uma chávena do seu chá favorito, com uma bela vista de onde está sentada e com algum tempo disponível para apreciar tudo isso. No entanto, perde-se o momento, pois embora esteja de frente para a bela vista e o sol está quase a se pôr, você está a lembrar do que disse a meio da tarde àquele colega de trabalho, ou quem sabe, até está preocupada com a repercussão da sua atitude perante determinado assunto, ou quem sabe está a considerar mudar de emprego, até algo menos stressante quem sabe...e por aí vai.

Acompanhada ou não, não raro, ocupamos a nossa mente com uma porção de pensamentos aleatórios, soltos e que não acrescentam nada ao momento que estamos vivendo, por isso é importante aprendermos alguma coisa com a arte de viver como forma de de-stressar. Então aqui ficam minhas dicas:


  1. Viva o presente!

  • Comece a prestar atenção aos seus pensamentos
  • Conscientemente escolha àqueles pensamentos que são mais benéficos para si
  • Direcione a sua atenção para o que realmente importa
Depois de começar a pensar no agora, tomamos consciência que ganhamos com isso alguns benefícios, que antes nem imaginávamos que poderíamos usufruir, como:



  1.  
  2. Ganhe mais tempo - Sim! A frase que sempre ouço as pessoas com quem convivo me dizerem é, não tenho tempo, ou melhor, "não tenho vagar". Até acredito que ocupando a sua vida com tanta coisa ao mesmo tempo e que muitas vezes não tem nada haver consigo, realmente, esteja demasiado ocupado para viver a sua própria vida. Então, quando começa a exercitar a sua mente a focar no agora e começa a escolher cada momento que quer realmente viver - #nomorefretes , você vai começar a ver onde está perdendo tempo e, se quiser, terá muito mais momentos de qualidade quando começar a selecionar isso e consequentemente, muito mais tempo para si.
  3. Seja grato - Quando trazemos o nossos pensamentos para a realidade que estamos a viver agora, começamos a ter consciência de que estamos saciados, vestidos, não nos falta nada e que até estamos bem, daí concluimos sem grandes esforços o quanto somos privilegiados pela vida que temos, independente das dificuldades, e que estas muitas vezes, são fases da nossa aprendizagem.
  4. Coisas Simples Fazem-nos Felizes - Desapegamos tanto do ter e aprendemos a dar valor ao ser, aos momentos únicos, aos encontros, aos sorrisos e a tudo o que realmente enche o nosso coração de gratidão.
  5. Auto-Confiança - É incrível que só quando somos colocados à prova é que descobrimos o quanto somos auto-confiantes ou não, mas isso tem haver com trabalho de base feito diariamente no nosso interior. Pois cotidianamente somos "avaliados", são questionadas as nossas competências e é nesse exercício diário, onde revemos os nossos conceitos e as nossas aptidões, que tentando melhorá-las e acabamos por tomar consciência das nossas capacidades, sem nos deixarmos afetar pelo que os outros dizem. E quando, estamos realmente presentes, acabamos por avaliar o momento e concluir que não temos que correr a sete pés dali, que temos algo a dizer e a oferecer para o outro, e quando o fazemos uma onda de alegria toma conta de nós de tal maneira que é impossível não apreciar e crescer interiormente diante de tal situação.
  6. Capacidade de lidar com o Stress e dar mais de Si - Este treino mental e o tal controle das emoções fortalece o nosso ser, e com isso, facilmente aprendemos a controlar as situações a nosso favor, levando as nossas capacidades para outro nível que nem imaginávamos conseguir.
Ao mentalizar estas diretrizes e trazer isso para o nosso dia-a-dia, conseguimos lidar muito mais facilmente com o nosso tempo, buscando mais momentos de bem-estar do que aqueles que vivemos neste preciso momento. 



Por isso, se quer mudança na sua vida, comece por si. Pois é importante aprender que " o amor, a alegria, a paz e todos os sentimentos que tanto aprecia e deseja viver não te leva a lado nenhum, faz você querer ficar...", basta que com isso aprenda a criar o ambiente ideal onde possa vivê-los intensamente.




fotos: pinterest

4 comentários:

Daniela da Costa Silva disse...

Adorei este post!

Clênia Daniel disse...

Tão bom saber que trouxe algo que bom para si Daniela! Beijinhos e bom fim de semana!

Li disse...

Preciso ler este post todos os dias até interiorizar estes conselhos. Obrigada! Beijinho!

Clênia Daniel disse...

Oww minha querida Li! É assim mesmo. Devemos incluir este tipo de atitude, pensamentos e hábitos na nossa rotina até que estejam interiorizados e possamos agir neste sentido em nosso benefício.
É um exercício e uma forma diferente de ver as coisas. Beijinhos e boa semana!

Design, coding and theme by Ana Garcês.
BE.YOU.TIFUL © 2008-2015