Why I Love Yoga?



Isso é uma pergunta bem fácil de responder, levando em consideração tudo o que já vos disse que passei desde o ano passado para cá. Tive que considerar além do treino, como forma de extravasar grande parte da minha energia física, o Yoga como um instrumento capaz de fazer a ligação do corpo à mente, facilitando a organização das ideias. Mas, é bom ser mais específica e por isso aqui ficam os motivos.


Combinar o treino diário com o yoga foi a forma que encontrei de manter-me sã de corpo e de mente, pois durante a prática das diversas poses e todo o processo que envolve a construção do movimento aprendemos a controlar a respiração, o movimento, a concentrar a força ou distribui-la de um lado para outro até a sua conclusão. Um exercício que exige envolvimento pessoal e a tal ligação de que falei anteriormente.



A volta disso há todo um trabalho introspectivo importante que aprendemos a fazer que envolve silêncio, uma mente vazia de pensamentos e no fim um corpo mais relaxado, mais flexível e pronto para descansar ( eu pratico à noite ). 

Além da vertente zen da coisa, a prática do yoga é importantíssima para o meu treino diário de emagrecimento, pois muitas das suas poses exigem força abdominal, como também de braços e pernas, o que ajuda a desenvolver e fortalecer estas regiões, além de exigir cada vez mais flexibilidade (coisa que tenho pouco), mas que estou trabalhando para ultrapassar.
Outra vertente que adoro, é que a rotina de alongamento pós-treino que faço envolve maioritariamente poses de yoga, o que aumentou ainda mais o meu interesse e gosto por esta arte ( por isso que estou calçada e com luvas - o suor faz escorregar muito - mas, sem a vertente do treino de HIIT, pratico Yoga descalça) . 
Por isso, introduzir a prática do yoga na minha rotina tem sido tão importante e posso dizer que, fundamental para o meu equilíbrio diário.



A propósito disso e agora como uma fitness freak, ando de olho em tudo o que interessa para ajudar-me a melhorar minha performance. Então hoje, numa visita ao Lidl ( que anda muito à frente - não se limitando às roupas de fitness, mas com acessórios bem acessíveis ), acabei por comprar um pack de cada acessório para Yoga da sua marca Crivit, que estão disponíveis na atual campanha do supermercado. 

Por isso amiga, se quer se iniciar no yoga definitivamente você não precisa de nada disso, a não ser de um yoga mat, que é um tapete específico, mas se não tiver agora não precisa sair a correr para o comprar, você terá tempo depois que se apaixonar, pode até praticar em cima da cama ou no tapete do lado dela, basta que seja num espaço calmo onde possa dedicar alguns minutos do seu dia. 

No entanto, se o amor por esta prática já existe e você também quer melhorar a sua performance, estes são os acessórios de Yoga disponíveis.
Os blocos são ótimos para dar suporte ao corpo e são, de todos os artigos, aqueles que uso sempre e dos quais não abro mão. 



As novidades para mim são, as bolas de tonificação ( são pesadinhas - 450g cada ), o aro de pilates e para relaxamento, as bolas de Yoga, sem peso mas com diferentes tamanhos, que eu sinceramente ainda não sei que tipo de exercícios posso fazer com elas, mas estou super ansiosa para experimentar porque sei que vou aprender algo sobre mim e no meio disso tudo, encontrarei respostas para as confusões da minha rotina louca e absolutamente normal, tal e qual a vossa.



P.S.: Eu continuo praticando para melhorar a minha Dhanurasana ou Bow Pose, uma das poses mais fáceis que fiz até hoje, embora precise melhorar muito a flexibilidade do tendão de jarrete, de modo a ficar apenas com o abdômen pousado no chão. Mas, para lá caminhamos! Dêem-me um desconto.

Para mimar-vos um pouco, deixo-vos o link de uma série baseada na prática do Yoga, que envolve os desafios de uma vida agitada como a nossa e um pouco de humor.

Om City: The Series


4 comentários:

Li disse...

Hhhmmm Fantástico :)

Sweetgirlythings Blog disse...

Mente sã, corpo são. Quanto a isto não há dúvidas, pois não? Se queremos ter uma vida mais saudável e equilibrada é fundamental exercitar o corpo e uma coisa leva à outra, a parte emocional ganha novas e boas energias :)

Boa semana e bom trabalho :)

http://sosweetgirlythings.blogspot.pt/

Shinobu disse...

Pronto já vi que existem coisas nos meus alongamentos que podem ser considerados yoga. Nunca fui a uma aula de yoga, mas acredito que me fizesse bem (nem que posse para deixar a minha mente menos barulhenta).

Clênia Daniel disse...

Obrigada pelo apoio Li e Sweetgirlythings! Um grande beijinho!
Sem dúvida Shinobu! Cada vez mais fazemos alguns alongamentos vindos do yoga, principalmente o aprender a relaxar através da respiração. Se tiver oportunidade de ir a uma aula, aproveite! Beijinhos!

Design, coding and theme by Ana Garcês.
BE.YOU.TIFUL © 2008-2015