Como o Outono Passa por Mim

 Chega o outono e uma pessoa só pensa que, afinal já não terá mais aquele à vontade do verão, com alcinhas ao ar, barrigas de fora, dedos de fora e a tão característica cor dourada na pele. É hora de guardar tudo isso debaixo de algumas peças de roupa adequadas a esta estação de transição, tão bonita, colorida e que nos prepara para o frio severo e chato do inverno.

 Desde a roupa à maquiagem, é preciso estarmos acima de tudo bem conosco, confortáveis e cheias de auto-estima. Que é para isso que servem as peças de roupas, acessórios e maquiagem, nunca o contrário meninas. 
Por isso, numa tentativa de manter-se num estado warm, acabamos por optar por uma paleta de cores que esteja de acordo com as nossas preferências, então para a maquiagem optei pela Naked da Urban Decay e nas peças de roupa adotei as jaquetas para compor sempre os meus looks, uma vez que nunca sabemos como estará o tempo, então é uma forma de proteger-se das friagens características desta época.



 É mais do que normal uma pessoa na dúvida sobre o que usar ir buscar tons neutros, cores sóbrias ou aquelas peças em cores que você já sabe que fica bem em você. Mas, se estiver disposta a mudar, comece com um detalhe, uma cor de sombra, um acessório chamativo, uns brincos maiores, não importa, é preciso ousar para conseguir sair da zona de conforto e continuar em constante mudança. 

E você pode me perguntar, mas quem disse que eu quero mudar? ou para quê devo mudar?

Eu respondo, meus amores. 

Nós precisamos mudar, senão facilmente entramos num estado de inércia na nossa vida, no qual não sabemos o que andamos aqui a fazer. Porque eu vou dizer para vocês que se eu pensasse que a minha vida era só acordar, trabalhar, comer, pagar contas e preocupar-me com o que algumas pessoas medíocres pensam de mim, eu podia morrer já que não me preocupava. 

Precisamos ter a consciência de que a nossa vida tem um propósito maior capaz de influenciar a vida de outras pessoas e fazê-las feliz, com isso, podemos ser então mais felizes. Partilhar amor, partilhar coisas, partilhar experiências, partilhar leituras de livros e situações, enfim partilhar é a palavra de ordem e quanto mais o fazemos, mais recebemos de tudo a nossa volta, de bom ou de mal, tudo depende daquilo que oferecemos de nós e este é, sem dúvida,  o ciclo natural da nossa vida.

Clênia Daniel.

Jaqueta: Zara
T-shirt: YSL by New Yorker
Colar: by Me
Calças: Massimo Dutti 

3 comentários:

Andreia Pinto disse...

È isso mesmo. Nunca devemos ter medo da mudança e caso tenhamos medo devemos castra-la. Temos que ser mais fortes que "ele" se não o medo domina-nos por completo e nunca seremos felizes. Quanto ás pessoas que nos querem mal, basta sorrir-mos para elas que a maldade delas passa logo. ahahah :D (o que elas tem è falta de amor)

Gosto muito da mulher forte que você è, e parece ser uma valente "Mulher Furacão". Adoro pessoas assim.

R. Obrigada pelas suas palavras tão mimosas =))) ♡

Um beijinho, Andreia. ♡
www.pontofinalparagrafos.blogspot.pt

Andreia Pinto disse...

ah esqueçi-me de lhe dizer que sou mesmo uma manteiga derretida e por causa de ter chorado quando estive com a (maravilhosa) Cristina Ferreira, agora o meu namorado só diz "oh chora" isto "Oh chorona" aquilo ahaha (Foi ele que me fez a surpresa =D)

Estou insuportavelmente feliz =)))

Um beijinho, meu doce ♡

Andreia. ♡
www.pontofinalparagrafos.blogspot.pt

Sara Cabido disse...

Mas que registos maravilhosos! Alegraram a minha segunda feira, sem a menor dúvida. As fotografias estão perfeitas; as cores, as composições, as paisagens e tu! Tu, acima de tudo, está lindíssima! Adoro o teu blusão, à laia de à parte :) Uma doce semana, minha querida!

Um beijinho, Sara ♥
http://littletinypiecesofme.blogspot.pt/

Design, coding and theme by Ana Garcês.
BE.YOU.TIFUL © 2008-2015