The Friday Five #19 I'm Back

Depois de um julho a atropelar-me e o agosto maluco num misto de trabalho e férias, cá estou eu a recuperar o ritmo durante esta semana e a voltar com a vossa rubrica favorita, afinal vamos falar de favoritos testados que transformaram-se em comprinhas e nada melhor do que partilhar convosco.


Recém chegadas à Portugal e encomendadas à Make Up For Ever antes mesmo de acabar o curso de maquilhagem que fiz com eles, estão as paletas Artist Shadows, que neste caso é apenas a nº1 porque a nº 2 só chegará em novembro, se não estou em engano. 
Estas paletas vieram depois do fantástico lançamento das suas sombras unitárias profissionais e sendo essas um grande sucesso, decidiram trazer um kit ligeiramente menor e compacto em forma de paleta para o público. E não é porque estudei lá que digo isso, mas depois de experimentar cada produto que estava disponível para nós enquanto formandas posso assegurar que a Make Up For Ever tem os melhores produtos para profissionais do ramo da maquilhagem. Por isso esta gama de sombras entusiasma-me tanto devido a pigmentação, fixação, conforto e beleza como resultado numa maquilhagem. 
Por isso, antes de chegar a Portugal tivemos a oportunidade de encomendar, se quiséssemos, e pensando no melhor para o desempenho do meu trabalho como freelancer, pedi a minha. Cada paleta traz 9 sombras com tons neutros, ideais para cerimônias, eventos, maquilhagem de noivas e etc.


A paleta é super slim, prática, tem cores lindas e é feita em cartão. Como eu disse traz 9 sombras irisadas, diamond e satinadas, ideais para looks chiques, clássicos e smoky eyes ousados. Cada sombra traz 1.8g, o que é uma versão um pouco reduzida das tradicionais sombras Artist Shadows da marca, que são bem maiores e podem ser inseridas em paletas magnéticas vazias, ao contrário destas, uma vez que é uma edição especial. O melhor de tudo é o seu preço, 37,16 euros, que é uma barganha se pensarmos na relação qualidade-preço deste produto e nada mais justo do que entrar na lista dos favoritos da semana, não acham? No entanto, não sei se estará disponível para venda nas Sephoras, mas esperemos que sim!

Das sombras ao primer, a Make Up For Ever lançou uma gama variada de pré-bases específicas para cada tipo de necessidade da pele, que vocês já devem ter visto nas Sephoras ou mesmo nas lojas Make Up For Ever, se tiveram a oportunidade, porque já não é novidade mas entrou nestes favoritos devido a sua importância na maquilhagem.




O melhor de usar um primer antes da base é que ele vem suprir as necessidades imediatas da pele enquanto ajuda na durabilidade e resultado final da maquilhagem. Independente da sua rotina de cuidados são eles, os primers, que dar-te-ão o alicerce para que todo o restante funcione na perfeição. Esta é a pré-base hidratante da gama Skin Equalizer Step 1 by Make Up For Ever, que vem "matar a sede" das peles desidratadas e torná-la mais macia e preenchida, sem que isso interfira no passo seguinte. Por este motivo, veio comigo para casa! É claro que é um produto que depois posso falar em detalhe numa review, mas para já dou só um cheirinho da maravilha que é usar uma pré-base como esta. 




Não é de propósito, mas indo à loja da make up for ever não consigo deixar de trazer alguns produtos que desejava há tempos, por isso, mais parece um artigo só sobre produtos da marca, porém não é disso que se trata. Para quem não sabe o Castor Oil é usado na maquilhagem como diluente de bases ou produtos cremosos cujo principal componente seja o óleo. No geral, os maquilhadores usam este produto para maquilhar com aerógrafo, por isso, é indispensável na mala de um maquilhador.

No meu caso, o interesse não era esse, mas sim uma vez que é óleo de rícino, e portanto ideal para estimular o crescimento do cabelo, curar problemas de pele entre outras utilidades, veio comigo para casa. A intenção principal é criar uma mistura com o Óleo de Coco da The Body Shop e usar esta solução para estimular o crescimento das minhas pestanas naturais e pêlos da sobrancelha, numa espécie de DIY caseiro e que tem dado resultados com beauty gurus americanas que eu quero ver se resulta comigo também. Daí a compra, que merecerá um update, mal veja os resultados, I promise!










E por fim e não menos importante está o Loose Pigment by Makeup Geek, na cor Liquid Gold, que é lindo que se farta e desta vez não me escapou no cesto de compras. 
Na verdade, não quis vos falar das Foiled Eyeshadows porque tenho um post exclusivo para preparar para elas e portanto, trouxe apenas este pigmento para aguçar ainda mais a vossa curiosidade sobre os produtos da marca.  
Esta cor Liquid Gold é mesmo maravilhosa, pois na pele parece ouro derretido e sendo este um pigmento, pode ser misturado com várias bases para dar origem à diversos outros produtos, que posso citar como exemplo: se misturado com o Duraline da Inglot pode transformar-se em eyeliner; se misturado numa base cremosa como um lápis transforma-se numa sombra e daí por diante. Por isso, usá-lo em toda a pálpebra dará vida aos olhos, sejam eles escuros ou claros. É capaz de realçar a beleza dos olhos ou pele de mulheres bronzeadas ou morenas, seja em pontos estratégicos dos olhos principalmente no canto interno do olho como ponto de luz ou mesmo do corpo.
Enfim, há uma infinidade de possibilidades de se trabalhar com pigmentos, por isso se encontrar algum pelo qual se apaixone realmente, traga para casa e depois crie os seus próprios DIYs, só não se esqueça de partilhar comigo, ok?




P.S.: O conteúdo deste artigo reflete apenas a minha sincera opinião sobre todos os produtos mencionados enquanto consumidora e por experiência anterior à compra a título de formação. No entanto todos os produtos constantes neste artigo foram comprados com recursos financeiros próprios e não tem qualquer influência de marcas. 

5 comentários:

Voar Viajar Viver disse...

Que inveja (boa) que eu tenho de ti. Quem me dera ter tempo para tirar um curso de maquilhagem, ainda para mais na MUFE, que sonho :)) Sempre que estou em Portugal tento ir a workshops mas nunca é a mesma coisa. No entanto, gostava tirar um curso a sério mas apenas para mim, para um maior conhecimento pessoal. Eu gosto muito dos produtos deles, são um pouco caros mas valem o investimento, já para não falar que duram horrores :) Beijinhos

Daniella Dias disse...

Eu gostei demais dos produtos.
comecei fazer um curso de make, mas não terminei!
Por isso, não aprendi usar direito os pigmentos.
Costumo usar apenas maquiagens básicas!

bjOO

Blog Breshopping da Dany
Facebook
Instagram
Twitter
Google +

felicidade-35 disse...

Olá Clenia, a paleta de sombras é a coisa mais linda :) ando muito interessada na pré-base a lissant (penso que é assim que se chama) mas não sei se será mesmo boa ou se "desfaz" ao colocar a base por cima, já alguma vez experimentou? Beijinho minha querida.

Clênia Daniel disse...

Olá Felicidade! Obrigada!
Eu tenho a base lissant, aliás foi a primeira que comprei para usar porque é própria para corrigir a textura da pele, assim como a matificante. O que acontece no meio de tantos primers e tantas escolhas é não sabermos o que realmente funciona connosco e como usá-los. A MUFE tem vários primers, 2 para corrigir a textura (lissant e matificante), os coloridos para corrigir diferenças de tonalidade na pele ( verde, rosa, lilás e etc) e depois tem o Hidratante e o Nutritivo ( que são respectivamente para pele desidratada e pele seca ). Quando usamos primers temos que seguir uma sequência: 1º corrigi-se a textura da pele ( usa-se ou o lissant ou o matificante )com os dedos e pouquíssima quantidade, só onde é para corrigir a textura, nada de espalhar no rosto todo. O calor dos dedos vai ajudar a alisar e formar a cobertura que tanto deseja. 2º corrigi-se a diferença de tonalidade ( usar os primers coloridos )com pincel de cerdas sintéticas, seguindo a mesma regra, rápido e de forma localizada) e por fim, usa-se um primer específico para o tipo de pele, se ela for seca ou desidratada. No caso da oleosa, aplica-se o matificante depois do lissant se necessário, mas normalmente opto por um ou outro para não ficar demasiado, mas dependendo da necessidade da pele usa-se o lissante primeiro e de seguida o matificante. Se não tiver correção de cor ou se não tiver a pele desidratada ou seca, pode esperar um bocadinho e passar para a aplicação da base. A aplicação da base deve ser de pouco a pouco com esponja levemente humedecida, cuidado com a força na hora de esfumar a base com o pincel, mão leve, faça camadas fininhas e terá um resultado bonito.
É isso lindona, espero ter ajudado!

felicidade-35 disse...

Obrigada Clênia, ajudou e muito...obrigada pelo carinho, pelo seu tempo e muito profissionalismo <3

Design, coding and theme by Ana Garcês.
BE.YOU.TIFUL © 2008-2015