Spirulina na Alimentação



Ontem enquanto estava a comprar os produtos de pele que o dermatologista indicou-me, decidi comprar um suplemento que já tinha ouvido maravilhas, mas que nunca tinha tido a oportunidade de comprar.


Apesar de ter sido considerada uma alga durante muito tempo — e de ainda ser divulgada como tal — a spirulina na verdade é uma bactéria, denominada cianobactéria devido a sua capacidade de fazer fotossíntese. Composta principalmente por proteínas (cerca de 60%), a Spirulina também é uma fonte rica em vitaminas, como o betacaroteno (que pode ser convertido em vitamina A), vitamina B12 e minerais como zinco, cobre, ferro e selênio.

É um excelente alimento para quem pratica desporto. Por ser rica em proteínas, a spirulina tem sido utilizada como um suplemento nutricional. No entanto, apesar de Spirulina conter um certo nível de proteína, é preciso utilizar grandes quantidades para se obter o mesmo efeito que outras fontes de proteína, como nozes, legumes e carnes fornecem.

Combate as alergias. De acordo com um estudo europeu publicado em 2008, os pacientes tratados com Spirulina relataram melhoras nos sintomas de alergia. Alguns testes sugerem que spirulina interrompe a liberação de histaminas, substâncias que contribuem para os sintomas alérgicos, como nariz escorrendo, olhos lacrimejantes e coceiras.

Combate também os vírus e as bactérias. Análises de laboratório mostraram que a Spirulina pode ser útil no combate aos vírus da herpes, gripe e HIV. Mas ainda faltam estudos em humanos para comprovar sua eficácia. Outra pesquisa também mostrou que a Spirulina ajuda no crescimento das bactérias boas que moram no nosso intestino, aumentando a imunidade e ainda pode auxiliar no tratamento e controle das infecções por Cândida.

É um excelente aliado no controle do colesterol e diabetes. Outro estudo, dessa vez com 37 pacientes portadores de diabetes tipo 2, mostrou que aqueles que seguiram um programa de 12 semanas com suplementação de 8 gramas (!) de Spirulina por dia tiveram um redução significativa nos níveis de triglicerídeos (um tipo de gordura que circula na corrente sangüínea, aumentando os riscos de doenças cardiovasculares). A Spirulina teria ainda diminuido a pressão e o colesterol ruim de alguns pacientes.

E afinal, emagrece? Apesar das propagandas dizerem que sim, não há estudos conclusivos a respeito. A fama de que ela ajudaria a “perder peso” provavelmente vem da fenilalanina, presente na alga, e que influencia diretamente na produção de neurotransmissores como a dopamina. A dopamina é responsável pela sensação de saciedade, o que ajudaria a enganar o cérebro em relação a fome. Além disso, a Spirulina absorve água, aumentando de volume e, portanto, ocupando um espaço maior no estômago.

Pessoas com com doenças autoimunes tais como a esclerose múltipla, lúpus, doença de Cronh, artrite reumatoide e fibromialgia, por exemplo, devem evitar o consumo de Spirulina. Ela ativa o sistema imunológico e pode diminuir a eficácia de medicamentos imunossupressores. Além disso, a Spirulina contém fenilalanina, um verdadeiro perigo para portadores da fenilcetonúria.

As grávidas e mamães que amamentam também devem ficar atentas: não se sabe o suficiente sobre o uso dessa bactéria durante a gravidez e aleitamento. Ficou na dúvida: consulte seu médico e uma nutricionista!

Desde que tenham uma procedência confiável, a maioria dos produtos com Spirulina estão livres de agentes contaminantes como metais tóxicos e bactérias nocivas que poderiam causar danos ao fígado, náuseas e vômitos. Cuidado com a qualidade do produto!

O meu comprei ontem na Celeiro Dieta e está em promoção este mês, a embalagem em pó. Não sei se as cápsulas também estão, mas como puderam perceber a Spirulina em pó é mais eficiente no sentido de fazer efeito imediato, ao contrário das cápsulas.



Daí hoje pela manhã decidi experimentar e fiz um Super Sumo de Spirulina, que nada verdade é um sumo verde, detox com uma colher de sopa de spirulina para substituir o pequeno-almoço.
1 maçã cortada
1 limão
1 laranja
1 banana
1 colher de sopa de spirulina
500 ml de água ou mais, se preferir.
Bata tudo no liquidificador, coe se preferir, depois beba!



Os sumos detox não podem passar muito tempo a espera que você o tome, pois as suas propriedades perdem-se. Assim, devem bebê-lo de imediato!

Confesso que não me custa nada tomar este tipo de sumos, porém a spirulina tem um cheiro esquisito, porém as suas propriedades compensam este "pequeno detalhe".

Se experimentarem digam-me que eu gostaria de saber a vossa opinião também! Detalhe, conheço uma pessoa com quem passei a falar na net há tempos, que emagreceu 54 quilos com reeducação alimentar e a ajudinha deste produto. E também por causa da sua obesidade decidiu estudar nutrição, logo se ela optou por usar este produto nas suas refeições é porque resulta mesmo. 

Com carinho,

Clênia Daniel.











5 comentários:

Anabela C. disse...

Quando vi a foto no facebook, pensei que fosse Oero! lol Desconheço o produto.. mas gostei de ler a parte das melhorias nos sintomas de alergia. No meu caso, tenho sensuite e pode me ajudar imenso.
Mas estavas a dizer que tem um cheiro exquisito, e sabor?

Clênia Daniel disse...

A spirulina por ser um produto que é retirado dos lagos e rios, cheira a isso, ao fundo do rio, cheira a lama. Mas, digo que tomei o meu sumo, meio relutante com o cheiro e já é quase meio dia e eu não tenho sintoma de fome. Nenhum!!

Acho que é como tudo, primeiro estranha-se, depois entranha-se! :) Se for muito sensível a cheiros, pode usar as cápsulas que são comprimidos, porém vai ter que tomar 6 cápsulas para compensar 1 colher de sopa do produto.

Beijinhos!

Vera Antunes disse...

Não conhecia este produto mas olha que fiquei impressionada com as capacidades dele :)
Muito bom o post, adorei!
Beijinhos e bom sábado :*

Catarina S. disse...

Ainda não experimentei, mas tenho curiosidade :)
Beijinhos*
Treze Mundos

Anabela Carpinteiro disse...

E eu que até achava que percebia de nutrição...lol..Nunca tinha ouvido falar de tal coisa, mas como as outras meninas, fiquei muitoooooooo curiosa, e não tarda muito que vá comprar pra experimentar ;) Obrigada por mais esta partilha tão detalhada, tão explicita ;) Bjinhos

Design, coding and theme by Ana Garcês.
BE.YOU.TIFUL © 2008-2015