lifestyle | A Teoria de Tudo, Impressões e Conversinha de Mulher



Há muito queria assistir ao filme A Teoria de Tudo, cuja história fala da vida do cientista Stephen Hawking, por todos os motivos óbvios, mas fui surpreendida com uma história linda e se já o admirava, agora passei a admirar também a sua esposa e conceito de família como um todo.


Quando andava na escola ouvia falar do Stephen Hawking e da sua teoria sobre os buracos negros, e embora não saibam, eu sonhava em trabalhar com isso e tenho verdadeiro fascínio pelo assunto, além de tudo o que tem haver com astronomia. Não me censurem pois o meu marido levanta-se no meio da noite para olhar relâmpagos e apreciar os trovões em dias de tempestades, por isso já não me sinto tão mal assim. 

O vídeo que partilho convosco hoje é um bate-papo sobre a história que deu origem ao filme e nele decidi conversar convosco sobre meus pensamentos sobre casamento, valores, amor e Deus. Por isso, penso ser algo que podem simplesmente ouvir e deixar-se a pensar sobre o assunto.


Se assistiram ao filme e quiserem partilhar as vossas impressões, deixam comentários que responderei o mais rápido que conseguir. Mas se ainda não assistiu ao filme, nem leu o livro, é algo que vão adorar fazer ainda no próximo fim-de-semana. 

Com carinho,

Clênia Daniel.

2 comentários:

A veracidade dos sonhos... disse...

Oi Clenia, tenho duas perguntas em relação a esse filme, que deve ter sido baseado em fatos reais. Uma é se no filme foi relatado o motivo que os levou a se separarem e a outra é se ele admite de fato a existência de Deus, que o sustentou até aqui.

Eu conheço uma mulher de seus quase 50 anos, que desde a mocidade acompanha o marido, em suas diversas fases difíceis. O marido já teve vários tumores na cabeça, que o debilitam quase por 70 %. Hoje após 15 anos, desde a primeira operação, quase não anda, fala ou come sem a ajuda dela. Muitos se perguntam, o que leva uma pessoa ativa, bonita, cheia de vida, "perder a sua juventude", vivendo ao lado de alguém que vegeta. A resposta para isso só ela tem... mas é real, o amor que move pessoas a fazer coisas extraordinárias e muitas vezes sem sentido para muitos, é real...

Beijos,
Danielle.

Clênia Daniel disse...

O motivo que é contado no filme e é mostrado de forma muito sutil, entenda-se que foi ela quem escreveu a história, portanto ela pouco sabe das intenções dele. Mas, ela precisava de ajuda, muita mesmo e a família dele relativizava o assunto então ela foi cantar no coral da igreja e se apaixonou pelo maestro do coro, mas ela conteve-se sempre. No entanto, ele deixou de falar e precisou de uma enfermeira e aí eles se apaixonaram e ele acabou por lhe dizer, através do computador que fala por ele que ia a um evento com a outra e não com ela, dai ela percebe que ele já estava a gostar da outra. Então, ele se muda e vai viver com esta outra mulher, supostamente.

Sim!! Quando ele está escrevendo o livro A Brief History of Time, ele num dos trechos reconhece a presença de Deus na vida dele e a sua mulher lê isso para ele e acaba por lhe perguntar se era mesmo isto que ele queria dizer, e ele admite que sim. O filme é lindo e muito profundo! Deve assistir Dani!

Beijinhos!

Design, coding and theme by Ana Garcês.
BE.YOU.TIFUL © 2008-2015