13ª e 14ª Semanas Instax | O troco e a troca



Desta vez eu comparo o amor ao troco em dinheiro que recebemos, cada vez que pagamos algo com uma nota, vai inteiro e volta dividido, pois assim é mais fácil distribuir entre os diversos fins.
E há quem pense, mas recebes menos dinheiro! Porém deves pensar que, recebes também um bem, aquele que tanto querias!

Bem, mas não é de dinheiro e as suas vertentes que quero falar, é só uma comparação com algo que descobri estas semanas e que me deixaram feliz. São geralmente coisas simples que tornam o contexto mais importante e elas ensinam-nos muito a sermos melhores.




foto: thesugarfactory

Recentemente descobri um site que já mencionei aqui no blog que tenho adorado participar, é o The Sugar Factory, que podem ler o artigo que escrevi sobre eles aqui!

O importante é que gosto do conceito e tudo o que envolve aquilo que eles fazem é super interessante, pois na verdade somos nós que "fazemos os cubos de açúcar" e eles distribuem pelo mundo. Basicamente, você escreve uma mensagem a um desconhecido (cubos de açúcar), uma mensagem de amor, entusiasmo e força e envia para o site e eles distribuem, e além disso, você também recebe um cubo de açúcar de alguém.
É o princípio do troco e da troca que eu falei no início, você dá de si algo valioso e além de receber de volta, recebe em dobro até, porque recebe a mensagem com valor acrescentado, carregado de amor! É fantástico isso! Estou cada vez mais viciada nesse açúcar que não engorda! :)

Mas, uma coisa interessante que aconteceu neste dia em que descobri o site, foi que enviei dois cubos de açúcar e recebi também mensagens lindas e cheias de valor e amor, porém ao fim do dia, vi o meu marido muito triste, então comecei a refletir no que estava acontecendo a minha volta. Bem, eu tinha amor para dar e distribuir, mas a "minha pessoa" estava cabisbaixo, jururu, sem ânimo, então algo estava errado. 

Curiosamente neste dia, assistimos à dois filmes super fofos na TV, daqueles com uma bonita história e uma mensagem cheia de significado. E no intervalo, eu questionei-o sobre isso, falei-lhe das mensagens doces e da alegria que estava sentindo em dar e receber amor, mas que mesmo assim, embora me esforçasse não estava conseguindo passar o que sentia para ele, porque estava frustrado, porque estava agarrado a coisas pequenas, ansiedade e coisas do cotidiano que não deram certo. Ele precisava soltar aquilo que não podia controlar e devia deixar-me ser doce para ele também. Finalmente, com isso, consegui tirá-lo da amargura e passei a minha doce mensagem de amor para o meu amor, com direito à todos os miminhos que só ele pode ter e que são para mim tão fáceis de oferecer.

Dar sempre será uma medida fácil para quem muito tem à oferecer, mas nem sempre receberemos na medida que damos, às vezes mais, às vezes menos. Porém, se nunca receberes nada e o teu amor for sempre dado ao vazio, não te entristeças, oferece a quem precisa porque claramente é mesmo disso que se trata.

Com carinho,

Clênia Daniel.

5 comentários:

Anabela Carpinteiro disse...

Ohhhhhhhhhhhhh .....Que bonito;) Mais uma vez parabéns....Adorei
( Que novidade?!)
É muito bom sermos acordados para a realidade, porque senão ás vezes deixamo-nos levar pla rotina, e de repente....Pum.....Vou já cuscar este site dos cubinhos de açucar, a ideia é fantástica, obrigada por partilhares conosco ;)

Irene Albano disse...

Gostei muito mesmo..
Acho que so podemos receber amor, quando damos tambem.
E no casamento a melhor forma disso acontecer é ter um bom dialogo,o casal tem que ouvir um ao outro..
Não sei se é pela forma diferente de pensar ou da "cultura" diferente.. Mas meu marido no começo tbm era muito fechado, e eu sempre fui mais de carinhos beijinhos e gosto de saber tudo que ele sente.. Após muitaaa conversa, hoje ele é outra pessoa, é mais alegre, conversa e desabafa mais, consegue dar muito carinho..
E o amor é mesmo como o troco.. So dando que se recebe, pode não ser com a mesma nota.. mas sempre recebe algo. :D
Vou ver o site do cubinhos.. fiquei curiosa hehe..
Beijinhos.


Catarine Martins disse...

Que conceito fantástico. Adorei. Realmente são essas trocas de afectos, ainda que anónimas, que tornam os nossos dias mais coloridos. E no fim, é pelas coisas boas que sentimos e partilhamos que a vida vale a pena.:D
www.letirose.com

Sparkle disse...

Very nice blog :)
http://locastrica.blogspot.com/

Daisy disse...

Você é uma caixinha de surpresas. Sempre com novidades quer super interessantes, quer fofinhas, passando imenso amor. Também, vou "cuscar" como a Anabela. Hihihihihi

Design, coding and theme by Ana Garcês.
BE.YOU.TIFUL © 2008-2015